quarta-feira, 1 de agosto de 2007

EXU - GUARDIÃO DA PORTEIRA DE NOSSAS CASAS- UMBANDA E QUIMBANDA

Escrever sobre Exu é complexo e requer muito cuidado, pois a diversidade de rituais para essa entidade é muito grande: uns dizem que ele não faz parte da Umbanda; outros que ele é o lado esquerdo da Umbanda; outros garantem que foi criada uma nova religião, ou Culto para Exu, intitulada Quimbanda. Levanto essa questão até para maiores esclarecimentos.Quando foi determinado, no Plano Astral, que a entidade Exu trabalhasse na Umbanda, o mesmo recebeu a função, entre outras, de cuidar das porteiras porque através delas passam todos os tipos de entidades. E somente Exu poderia conter as que viriam para bagunçar ou fazer qualquer tipo de dano. Então, ele é o responsável pela proteção espiritual e limpeza energética, assumindo diversas formas de apresentação, desde como conselheiro até o mais severo cobrador; consegue, em um simples ato, arrumar o que está desarrumado.Exu transcende a qualquer religião, e é bom deixar claro que ele não é da Umbanda nem da Quimbanda. É simplesmente Exu, o Guardião, que trabalha sob o comando de entidades superiores. Muitos deles, em processo de evolução, chegam de forma grosseira, encurvados, retorcidos, rosnando, com fala grossa; nesse formato, é preciso tomar o cuidado de não querer modificá-lo na sua roupagem fluídica. E também, quem somos nós para isso?Até pouco tempo, Exu só usava a cor preta e vermelha, porque elas representavam o poder de trabalhar na escuridão (preta) e o poder de atuar nas camadas mais quentes (vermelha). Nos dias de hoje, as cores de Exu estão vinculadas às Sete Falanges da Umbanda, como exemplo: Falange do Mar (preta e azul), Falange dos Rios (preta e amarela), Falange das Matas (preta e verde), Falange dos Pretos-Velhos (Preta e branca), e assim por diante.Isso faz parte do processo evolutivo pelo qual o ser humano vem passando; não seria diferente na Religião muito menos com Exu, muito ligado a esse. Exu é amigo, é irmão, é companheiro, é compadre; é aquele que estende a mão, mas também bate com a mesma, é aquele que sorri, que chora, que passeia, que nos diverte, que também castiga. Quanto aos vocábulos utilizados, que se relacionam com Exu, também há necessidade de revisão, como por exemplo: Elebó Aquele que faz o sacrifício (as pessoas dizem que vão fazer Elebó para seu Exu - Festa). Nada a ver uma coisa com a outra.Ebó Sacrifício ou oferenda.Mojubá “armar emboscadas vivendo a noite”Agô LicençaLaroiê - Salve Exu! Saudação ao Orixá Exu no Candomblé Alupandê Que se abram os Caminhos!Alupo Abra as portas do caminho! Saudação ao Orixá Bará no Batuque.Então, paremos de ficar arrumando religião para Exu! Seja na Umbanda ou na Quimbanda, Exu é Exu; o que muda é sua roupagem, e sua atuação é sempre a mesma, não existindo um melhor que o outro. Cultue Exu com simplicidade, sem honrarias em excesso, e sim com carinho a amizade.Acredite e confie, pois Exu está sempre a seu lado! Sarava Exu!
Sacerdote Carlos do Cacique Guarani.

4 comentários:

Ivair Nogueira Andrade disse...

muito obrigado por nos ensina a verdade sobre os exus

Ivair Nogueira Andrade disse...

Gostaria de fazer uma pergunta que e uma duvida exu pode riscar o seu ponto e não ser o ponto dele , Não compreendi por favor si puder me responder lhe agradeço

Ivair Nogueira Andrade disse...

Gostaria de fazer uma pergunta que e uma duvida exu pode riscar o seu ponto e não ser o ponto dele , Não compreendi por favor si puder me responder lhe agradeço

Ivair Nogueira Andrade disse...

Gostaria de fazer uma pergunta que e uma duvida exu pode riscar o seu ponto e não ser o ponto dele , Não compreendi por favor si puder me responder lhe agradeço